sexta-feira, 17 de abril de 2015

Agente Socioeducativo é Preso Suspeito de Comercializar Armas Para o Crime


ISE entrega uniformes aos agentes socioeducativos

O Instituto Socioeducativo do Acre (ISE) realizou entrega de uniformes aos socioeducadores, na terça-feira, 13, durante solenidade sediada no Centro de Apoio à Semiliberdade, ao Egresso e Família (Casef), em Rio Branco.

No Acre, mais de 200 agentes garantem a segurança das unidades socioeducativas (Foto: Assessoria ISE)
No Acre, mais de 200 agentes garantem a segurança das unidades socioeducativas (Foto: Assessoria ISE)
O sistema socioeducativo do Acre conta com o trabalho de 193 agentes efetivos e de 54 temporários. Esses profissionais são responsáveis pela segurança das sete unidades socioeducativas do Estado.

De acordo com o presidente do ISE, Leonardo Carvalho, a entrega dos uniformes contribui para a qualidade do serviço exercido pelos socioeducadores. “Vale ressaltar que a ação atende a uma das reivindicações da categoria”, destaca.

O material distribuído inclui duas blusas, duas calças, um boné, um coturno e um cintotático.

O agente socioeducativo Neuso de Oliveira, 41, defende que a função requer uma padronização. “Toda instituição trabalha uniformizada, e todo trabalho requer um alinhamento. Além de evitar o desgaste das nossas roupas, a farda irá contribuir para a nossa segurança e autoestima”,  assinala.

http://www.agencia.ac.gov.br/noticias/acre/ise-entrega-uniformes-aos-agentes-socioeducativos

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Alteração da Assembleia Geral dos Trabalhadores da Fundação CASA

SITRAEMFA MUDA  ASSEMBLÉIA DO DIA 25/04 PARA O DIA 29/04 


assembelia 29 04


Por decisão da direção e para dar um voto de confiança ao MPT mudamos a data da assembleia para o dia 29/04, que é o primeiro dia útil, depois do prazo concedido pelo Procurador do MPT para que a Fundação CASA se manifeste quanto às clausulas sociais.

 Na audiência de 13/04 não foi possível avançar nas clausulas econômicas, pois a Fundação esta engessada frente ao imposto pelo arrocho salarial dado pelo Governo via decreto.

 Para isso o Sindicato vem se articulando com outras entidades sindicais para forçar o Governo do Estado de São Paulo a repassar os aumentos reais nos salários, VA, VR, auxílio creche, entre outros. Cabe ressaltar que mesmo diante de todos esses impedimentos, nós não recuamos dos “FRONTS” e discutimos as clausulas sociais que tem impacto direto com meio ambiente e segurança no local de trabalho.

 Por que a data da Assembleia foi alterada do dia 25 para o dia para o dia 29 ?

 No dia 25, a direção do SITRAEMFA não teria resposta da Fundação CASA sobre a escala 2x2, com 8 dias de folgas anuais.

Outra questão importante: O custo despendido pelo sindicato de fazer duas assembleias tão próximas pode comprometer o orçamento para uma futuro paralisação.

 O dia 29 de abril tem uma grande justificativa, primeiro: Esperamos por uma resposta positiva da Fundação CASA, quanto as reivindicações das clausulas sociais, escala dos agentes de apoio sócio educativo, horário de banco, troca de plantão, etc.

Segundo, no caso de uma mobilização da categoria, exatamente no mês histórico de lutas dos trabalhadores .... MAIO!!!! Por fim, no dia 29/04, teremos concluído todo processo político e jurídico possíveis de negociação. Desta forma não há como os Tribunais questionarem a legalidade de um movimento paredista. Rumo à vitória!

http://www.sitraemfa.org.br/justica-e-cidadania/627-alteracao-da-assembleia-geral-dos-trabalhadores-da-fundacao-casa.html

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Defensoria Pública e Ministério Público pedem afastamento do diretor e de cinco agentes socioeducativos da Fundação Casa de Jacareí

Defensoria Pública e Ministério Público pedem afastamento de agentes por agressões na Fundação Casa em Jacareí

A pedido da Defensoria Pública e do Ministério Público de São Paulo, a Juíza da 2ª Vara Criminal de Jacareí, Alessandra Barrea Laranjeiras, determinou o afastamento do diretor e de cinco agentes socioeducativos da Fundação Casa de Jacareí, acusados de praticar agressões contra os adolescentes internados. A decisão, proferida em caráter liminar, foi proferida no último dia 6/4.

Segunda consta nos autos, diversos atos de tortura foram praticados pelos Agentes Socioeducativos contra os internos, em razão de um tumulto que teria acontecido durante um jantar. Os adolescentes relataram terem sofrido agressões físicas, com socos, chutes e cabeçada. Após as agressões, um grupo de adolescentes foi obrigado a limpar o sangue e a sujeira da cozinha, e os adolescentes que estavam com ferimentos graves foram levados para atendimento no Pronto Socorro da Santa Casa de Misericórdia. Quando ordenados a voltar para os dormitórios, os Agentes formaram o chamado "corredor polonês" para que, quando os adolescentes passassem, sofressem mais agressões físicas.

Os adolescentes também afirmaram que tiveram seus pertences pessoais (como fotografias, cartas de familiares, sabonetes e desodorantes) retirados e foram obrigados a tomar banho gelado, como forma de castigo.

A Defensora Pública Marília da Silva Macedo e a Promotora de Justiça Julisa Helena Nascimento de Paula, que realizaram visitas logo após as ocorrências, entendem que os atos configuram a prática de tortura física e psicológica contra os adolescentes, tendo sido identificados os responsáveis por tais atos. Dessa forma, pediram, na ação, o afastamento do diretor da Fundação Casa de Jacareí e dos agentes socieducativos daquela unidade.

Na decisão liminar, a Juíza, que é também a Corregedora permanente daquela unidade da Fundação Casa, considerou a gravidade do caso para determinar o afastamento dos servidores. "Os fatos são lamentáveis, graves, desumanos. A situação retratada demonstra o infeliz rumo que está tomando a unidade da Fundação Casa de Jacareí. O pior que se espera de uma unidade de internação, onde se busca a ressocialização dos jovens em conflito com a lei é que no seio da entidade haja violência ou incúria por parte de seus dirigentes e funcionários, chamados de agentes socioeducativos. E é, lamentavelmente, este o caso dos autos."

Mais informações

Fabrício Bueno Viana - Defensor Público Coordenador de Comunicação
Paula Paulenas
Maurício Martins 
Fábio Freitas
Pedro Lucas Santos

Tel. (11) 3101-8173 / (11) 3105-9040 ramal 610 ou 612 / 99653-6796 / 96193-0572
imprensa@defensoria.sp.gov.br
www.twitter.com/defensoriasp 

http://www.maxpressnet.com.br/Conteudo/1,747913,Defensoria_Publica_e_Ministerio_Publico_pedem_afastamento_de_agentes_por_agressoes_na_Fundacao_Casa_em_Jacarei,747913,8.htm

VEJA TAMBEM...
A decisão ocorre em caráter liminar após ação movida pela Defensoria Pública e o Ministério Público (MP). Além dos afastamentos, a Justiça determinou que o Estado de São Paulo faça a instalação de câmeras de segurança em todos os espaços internos e externos da unidade da unidade no prazo de 120 dias.
De acordo com o órgão, as supostas agressões e maus tratos teriam acontecido após um tumulto no refeitório da unidade em março. Por nota, a Fundação Casa informou que a instituição não tolera qualquer tipo de desrespeito aos direitos humanos dos adolescentes e que não compactua com as práticas de maus-tratos.

Sobre a denúncia de supostas agressões no centro socioeducativo de Jacareí, a Corregedoria Geral da Fundação Casa instaurou uma sindicância para investigar os fatos e que "os afastamentos foram determinados com base apenas nos depoimentos dos jovens, sem qualquer
oportunidade de manifestação dos servidores ou da Fundacao Casa".

http://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/noticia/2015/04/diretor-da-fundacao-casa-de-jacarei-e-afastado-por-suspeita-de-agressao.html


Técnico do Ponte Preta visita Fundação Casa de Piracicaba

Técnico do Ponte Preta visita Fundação Casa de Piracicaba

Centro motiva adolescentes proporcionando palestras com craques do esporte; ex-seleção brasileira, Paulo César visitou o centro na sexta

Agência Futebol Interior Publicado em 13/04/2015
por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 13 (AFI) - Os jovens que cumprem medida socioeducativa de internação no CASA Rio Piracicaba participam nesta terça-feira, às 10h30, de uma palestra com o técnico do Ponte Preta, Guto Ferreira. O evento visa motivar os jovens por meio de palestras com craques e técnicos de times profissionais.



O profissional de educação física do centro, José Batista Bortolozzo destaca a presença desses esportistas no CASA.
“Este é o segundo craque do futebol que o centro recebe. Acreditamos que por meio de palestras motivacionais com eles, os jovens entendem que para qualquer aspecto de nossas vidas é preciso superar as dificuldades e que isso é refletido na formação de seu caráter“, disse.

Guto Ferreira começou a carreira de treinador nas categorias de base do XV da sua cidade natal. Em seguida assumiu o mesmo no São Paulo e no Internacional, sendo que no Inter começou como treinador de equipes principais.

http://www.futebolinterior.com.br/futebol/Ponte-Preta-SP/noticias/2015-04/Tecnico-do-Ponte-Guto-Ferreira-visita-Fundacao-Casa-de-Piracicaba

Interno da Fundação Casa sonha em ser goleiro: 'eu quero mudar de vida'

Adolescente ouviu conselhos sobre motivação do técnico da Ponte Preta.
Guto Ferreira fez palestra para jovens em Piracicaba: 'cair não é fracassar'.

adolescente de 16 anos, que ao lado de 53 internos da Fundação Casa de Piracicaba (SP), ouviu atento aos conselhos do técnico da Ponte Preta, Guto Ferreira, durante palestra na instituição na manhã desta terça-feira (14). O clube foi eliminado do Campeonato Paulista no último sábado (11) após uma campanha de bons resultados, e Guto falou aos menores sobre motivação. "É um exemplo para mim", afirmou o jovem.

Tímido e de poucas palavras inicialmente, o adolescente ficou mais descontraído com a  bola de futebol nas mãos. Depois de defender alguns chutes, lançados por um colega, ele chegou a fazer planos para o futuro após sair da instituição. "Se eu tiver uma oportunidade, vou lutar por ela para me tornar um jogador. Eu quero muito mudar de vida", disse.

O adolescente chegou à Fundação Casa por envolvimento com o tráfico de drogas. A condição atual do interno não apaga o desejo e não o impede de se preparar para concretizar a vontade de ser goleiro, diz ele. "Aqui, treinamos firme. Temos um time e já participamos de campeonatos. O mais recente foi em fevereiro", lembrou.

O amigo que chutava a bola para  ele defender também guarda a mesma paixão pelo futebol. Com 16 anos, ele se tornou interno pelo mesmo motivo do outro jovem, o tráfico. "Adoro esse esporte, quero jogar na posição de lateral", contou.
'Cair não é fracassar'

O técnico da Ponte tentou deixar uma mensagem de superação e de esperança diante dos obstáculos aos adolescentes. Apenas três dias após o time que comanda ser eliminado pelo Corinthians após uma boa campanha no Campeonato Paulista, Guto afirmou aos jovens que "cair não é fracassar", mas que é preciso disciplina para vencer.

"Acho muito importante poder falar de motivação para esses jovens. Quis mostrar que eles têm valores e precisam lutar para mudar de vida. É necessário ter disciplina. Sem isso, a vitória não chega", afirmou Guto.

Técnico da Ponte Preta, Guto Ferreira, dá palestra para internos da Fundação Casa em Piracicaba (Foto: Claudia Assencio/G1)

professor de educação física da Fundação Casa de Piracicaba, José Batista Bortolozzo Junior, convive com os meninos há três anos. Para ele, o contato dos internos com o líder de uma equipe como a Ponte Preta é muito importante. Além mostrar outros exemplos de vida, essa interação é uma ferramenta de aprendizagem que vai além dos muros da instituição, disse.

"A atividade transmite valores de luta e de que é preciso esforço para conquistar os sonhos, com disciplina e perseverança, mesmo diante das quedas. Um dia se perde, outro se ganha", afirmou o professor.

http://g1.globo.com/sp/piracicaba-regiao/noticia/2015/04/interno-da-fundacao-casa-sonha-em-ser-goleiro-eu-quero-mudar-de-vida.html


terça-feira, 14 de abril de 2015

Rebelião na Fundação Casa de Itaquaquecetuba deixa seis funcionários feridos.

Rebelião na Fundação Casa deixa feridos, diz entidade

Jamile Santana e Gladys Peixoto
Do G1 Mogi das Cruzes e Suzano

Rebelião foi controlada em uma das unidades de Itaquaquecetuba (Foto: Jamile Santana/G1)

Tumulto ocorreu na tarde desta terça-feira (14) em Itaquaquecetuba.
Segundo informações iniciais, seis funcionários ficaram feridos.

A Polícia Militar e uma equipe da corregedoria da Fundação Casa controlaram uma rebelião em uma das unidades da entidade em Itaquaquecetuba, na Grande São Paulo, na tarde desta terça-feira (14). A Fundação Casa informou que seis funcionários ficaram feridos durante a contenção da rebelião. De acordo com a entidade, os ferimentos foram leves e todos passam bem.

Segundo o sargento Ijaquison de Souza Coutinho, da 2ª companhia do 35º Batalhão, o tumulto na unidade, localizada no bairro Perobal, começou durante uma briga entre os internos na aula da tarde. Coutinho disse que dois funcionários foram feitos reféns. A Fundação Casa, porém, não confirmou que havia trabalhadores reféns.

Um corregedor da Fundação Casa esteva no local. “Fomos acionados por causa de um desentendimento entre os adolescentes por volta das 13h30. Isso gerou um tumulto dentro da unidade. A PM entrou e os servidores que trabalham no local conversaram com os adolescentes e a situação foi contornada”, explicou o  corregedor Luís Philipe de Oliveira. Ele disse ainda que uma  sindicância será instaurada para apurar o que provocou a briga e quem participou do tumulto. Segundo a entidade, nem todos os internos participaram da rebelião.

De acordo com a Fundação Casa, a unidade tem capacidade para 64 internos e atualmente abriga 62 jovens.

Confira abaixo a nota enviada pela Fundação Casa na íntegra:
"A Corregedoria Geral da Fundação instaurou sindicância para apurar um princípio de tumulto ocorrido no CASA Itaqua, que fica na cidade de Itaquaquecetuba, Região Metropolitana de São Paulo, na tarde desta terça-feira (14 de abril).

Por volta das 13h30, um grupo de adolescentes se envolveu num princípio de tumulto. Houve a necessidade de contenção e seis servidores ficaram levemente feridos. A situação foi controlada às 14h30 pelos próprios funcionários.

A Polícia Militar foi acionada para dar apoio externo. Não houve fuga. Os adolescentes envolvidos passarão por uma Comissão de Avaliação Disciplinar (CAD), que irá analisar as sanções disciplinares a serem aplicadas. O Judiciário e os familiares dos adolescentes serão informados da ocorrência."

http://g1.globo.com/sp/mogi-das-cruzes-suzano/noticia/2015/04/rebeliao-na-fundacao-casa-deixa-feridos-diz-entidade.html

Câmara instala comissão para debater fim do Estatuto do Desarmamento

Comissão a ser instalada nesta terça discutirá como facilitar porte de arma.
Proposta prevê que quem cumprir requisitos poderá andar armado nas ruas.

video



segunda-feira, 13 de abril de 2015

Audiência no MPT - Campanha Salarial 2015 - Fundação CASA

Aconteceu no Ministério Público do Trabalho, 13/04, audiência de conciliação da Campanha Salarial 2015. Estiveram presentes comissão de trabalhadores, direção do SITRAEMFA e Fundação CASA.

O procurador, Luis Carlos Michelle Fabri iniciou os trabalhos questionando a Fundação CASA sobre as cláusulas econômicas, que entre elas estão: reajuste salarial, vale-refeição, vale- alimentação, adicional de qualificação, qüinqüênio, vale-cultura, entre outras.

MPT 13 04

A Fundação CASA não titubeou ao afirmar que está com limitação orçamentária, mas que todas as clausulas de cunho econômico sairão somente do Governo. O que inviabilizou a discussão para estes itens.

O procurador então passou a discutir as clausulas sociais. Entrando na polêmica clausula 19º, que trata da escala 2x2. A direção do SITRAEMFA relatou o histórico da escala e ressaltou a importância da escala com 8 folgas. A Fundação CASA por sua vez ficou de levar para o Governo e ponderar essa questão.

A direção do SITRAEMFA ainda denunciou que a Fundação CASA está implementando de forma cruel a escala 5x2 de quarta à domingo das 13hs às 22hs, com uma folga no domingo de 7 em 7 semanas fazendo com que os trabalhadores adoeçam com mais rapidez, pois esta escala gera o estresse no trabalhador, por conta do ambiente insalubre.

Foi questionado ainda à Fundação CASA a exclusão desses servidores no plantão noturno.

Referente clausula 20º - troca de plantão, a Fundação entende que pode acarretar horas excedentes, porque o funcionário tem que trabalhar 6 dias.

Para o horário de banco, o Procurador se manifestou de forma positiva dizendo que é no mínimo razoável  o funcionário ter 2hs no mês para ir ao banco.

Estamos cientes que essa reunião chamada pelo MPT, é uma audiência de conciliação. Não tem finalidade de julgamento, mas que servirá para fundamentar um futuro julgamento no TRT 2° Região.

E após três horas de audiência, o procurador solicitou que a Fundação faça uma contra proposta das possíveis cláusulas que poderão ser contempladas ou trazer algum beneficio para os trabalhadores continuarem a negociar e impedir a paralisação.





http://www.sitraemfa.org.br/destaque/625-audiencia-no-mpt-campanha-salarial-2015-fundacao-casa.html

Agente do Degase é baleado durante tentativa de assalto no Rio

Felipe Amâncio Marinho foi atingido no joelho esquerdo e já recebeu alta.
Caso foi registrado na 33ª DP (Realengo).

Um agente do Degase foi baleado durante uma tentativa de assalto na noite deste sábado (11), em Realengo, na Zona Oeste do Rio. Felipe Amâncio Marinho, funcionário do Educandário Santo Expedito, em Bangu, levava a noiva para a casa de carro quando foi abordado por dois homens armados em uma moto.

O agente passou por uma cirurgia e foi liberado (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
(Foto: Divulgação/SindDegase)
Felipe não reagiu e, quando estava descendo do carro, foi atingido no joelho
esquerdo. O agente foi encaminhado ao Hospital Estadual Albert Schweitzer, também em Realengo, onde passou por uma cirurgia e recebeu alta na tarde deste domingo (12).

De acordo com informações da 33ª DP (Realengo), onde o caso foi registrado, as investigações estão em andamento para apurar as circunstâncias do fato. Agentes realizam diligências em busca de testemunhas e imagens de câmeras de segurança que ajudem a identificar a autoria.



http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2015/04/agente-do-degase-e-baleado-durante-tentativa-de-assalto-no-rio.html

NOTICIA NO SITE DO SINDDEGASE
Mais um Agente do DEGASE é atacado.

Por volta das 20:30 deste sábado (11), o Agente do DEGASE Felipe Amâncio Marinho, lotado no Educandário Santo Expedito, foi baleado.

O servidor tinha acabado de deixar a sua namorada em casa e retornava para sua residência, em Realengo, quando foi abordado por dois criminosos em uma moto.


Sem anunciarem o assalto, o garupa da motocicleta apontou a arma para o veículo e ordenou que parasse. Ao parar o veículo e abrir a porta com as mãos para o alto, o carona disparou contra o funcionário, fugindo em seguida sem levar nada.


Alvejado no joelho esquerdo, Felipe foi encaminhado para o hospital Albert Schweitzer, onde passou por cirurgia e recebeu alta na tarde deste domingo.

https://www.facebook.com/sinddegase/posts/805077006236577?pnref=story

Dois funcionários Feridos em Rebelião na Fundação CASA Guarulhos ll

Dois funcionários saíram feridos da rebelião que aconteceu neste domingo (12) por volta do meio dia na unidade da fundação CASA Guarulhos II.

O fato ocorreu próximo ao refeitório na hora que estava acontecendo a visita. A Pm  e o corpo de bombeiros foram chamados. Dois funcionários que foram feitos reféns sairam bastante machucados e foram encaminhados pela equipe do SAMU ao hospital Pimentas.

VEJA O VIDEO



https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=817851451583330&id=637507376284406