domingo, 2 de agosto de 2015

Fundação Casa conserta muro em São Bernardo

A Fundação Casa informou ontem que o muro da unidade de São Bernardo, que estava danificado há quase 20 dias, foi consertado. 

No dia 25 de julho, a reportagem do Diário denunciou que havia um buraco na parede há pelo menos dez dias, o que causava apreensão por parte de funcionários e da comunidade do entorno para tentativas de fuga dos internos.


Nario Barbosa/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da SerraFuncionário da instituição, que preferiu não se identificar, chegou a afirmar que o local que estava exposto era um estacionamento próximo de área externa onde os menores tomam sol.

A Fundação Casa afirmou que o problema ocorreu porque houve acomodação (erosão) de solo na base do muro, o que acabou por soltar as placas de concreto.

http://www.dgabc.com.br/Noticia/1538337/fundacao-casa-conserta-muro-em-sao-bernardo

Encerramento da formação para agentes do Centro Socioeducativo no Mato Grosso

Os 30 agentes do Centro Socioeducativo do Adolescente de Lucas do Rio Verde passaram por uma formação durante 10 dias.

Durante os últimos 10 dias, 30 agentes do Centro Socioeducativo do Adolescente de Lucas do Rio Verde passaram por uma formação para ingressar no trabalho na unidade.



O Socioeducativo foi construído por meio de uma parceria entre os municípios de Lucas, Sorriso e Nova Mutum, e é administrado de forma compartilhada com o Governo do Estado. Em funcionamento desde o início do mês, o centro já está atendendo 11 adolescentes. A capacidade máxima é de até 32 jovens.

De acordo com a gerente de Socioeducação do Estado, Eliane dos Santos, a formação é essencial para todos os profissionais que farão parte do quadro de funcionários na unidade e todos que participaram estão com condições de atuar no Sistema Socioeducativo.

“A formação proporcionou um aprendizado sobre adolescente, família, medidas socioprotetivas, projetos pedagógicos, direitos humanos, políticas de saúde e de educação e treinamento da ação deles dentro da unidade. O nosso objetivo é fazer a socioeducação para que quando o adolescente seja reintegrado à comunidade, ele não reincida no ato infracional”, pontuou Eliane.

A gerente ainda relatou que os agentes do centro vão desenvolver atividades de atendimento, assistência, custódia ao adolescente, vigilância, escolta e diversas questões voltadas a área de segurança. E o assistente administrativo vai ficar mais envolvido em atividades administrativas.

O juiz da Vara da Infância e Juventude, Gleidson Grisoste Barbosa, ressaltou a importância da presença desses agentes na integração dos adolescentes. “É uma responsabilidade muito grande desses agentes, são eles que vão estar diuturnamente lidando com os adolescentes inseridos no Centro Socioeducativo, há vários planejamentos no sentido de efetivar a educação, esses adolescentes terão aulas, atividades, tudo de uma forma para ressocializar e permitir que eles saiam de lá para uma integração familiar, uma integração social, de forma que não venham a reincidir na prática de atos infracionais”.

A agente Patrícia Korzune destacou que a formação foi um grande aprendizado para todos os participantes. “É muito bom ter o curso de inicialização, nós passamos pelo processo seletivo, mas viemos de um desconhecimento, a gente não sabia o que era um Centro Socioeducativo, tínhamos uma visão diferente do que é a realidade, e o curso vem para isso, para nos preparar, e para preparar a sociedade, para nós podermos passar para a sociedade o que é o Centro Socioeducativo e qual será a nossa ação”.

Durante a cerimônia de encerramento, o prefeito Otaviano Pivetta, comentou sobre este novo modelo do Estado para construção de novos centros socioeducativos. Atualmente, Mato Grosso possui seis centros, a previsão é que sejam construídos mais 15.

“A prefeitura já teve a iniciativa de construir este local junto com os municípios vizinhos, Sorriso e Nova Mutum, e a prefeitura sempre se colocou à disposição para fazer funcionar, porque há uma demanda muito grande de solução para os problemas de segurança que nós temos aqui e o Estado demora para tomar atitude. Nesse sentido, nós nos antecipamos e o município, além de um ente federativo, que provoca, passa a participar liderando o processo”, salientou Pivetta.

O prefeito ainda enfatizou que “Geralmente o jovem infrator vem de um problema familiar grave, de um abandono intelectual, uma violência em casa, uma disfunção familiar e nós sabemos que ele precisa ter uma nova chance e quanto antes for a nova chance, melhor é para a sociedade. Pois na medida que ele vai amadurecendo e entrando na criminalidade, ele gera muito mais prejuízo e se torna muito mais devastador, se o auxílio vier no início e mudar a cabeça dele que está focada no delito e fazer ele olhar para a vida, como estamos fazendo aqui com estes jovens que estão no centro, com essa equipe de agentes que vão trabalhar lá, eu acredito muito que nós temos a capacidade de recuperar rapidamente muito desses jovens, gerando ganho e lucro social”.

 


MT Agora - Assessoria

http://www.mtagora.com.br/cidades/encerramento-da-formacao-para-agentes-do-centro-socioeducativo-foi-realizado-ontem-31/95895472

 

sábado, 1 de agosto de 2015

Equipe de TV visita alojamento do CEM no Piaui e ouve relatos

TV Cidade Verde teve acesso à ala “D” do centro onde adolescente  Gleison Vieira da Silva, 17 anos, acusado de estrupo foi espancado até a morte.

sexta-feira, 31 de julho de 2015

Estado terá de oferecer vagas a menores infratores de Ceres

Em julgamento de mérito, o juiz da 1ª Vara Cível, Criminal e da Infância e da Juventude de Ceres, Lázaro Alves Martins Júnior, confirmou liminar determinando que o Estado de Goiás disponibilize permanentemente até dez vagas em centros de internações para menores infratores da comarca. 

As vagas deverão ser em cidades as mais próximas possíveis de Ceres.
Em caso de descumprimento, a secretária de Estado da Mulher, do Desenvolvimento Social, da Igualdade Racial, dos Direitos Humanos e do Trabalho, Lêda Borges de Moura, poderá responder pelo crime de desobediência, além de o Estado ter de pagar multa diária de R$ 5 mil, revertida ao Fundo Municipal da Infância e Juventude do município.

A ação foi proposta pelo Ministério Púbico do Estado de Goiás (MPGO), segundo o qual não existe unidade de internação na comarca e que não estavam sendo fornecidos lugares para os menores infratores pelo Estado. O MPGO argumentou que as vagas não poderiam ser relegadas, principalmente porque “a sociedade possui uma falsa noção de que os adolescentes não respondem por seus atos infracionais”.

Após análise dos autos, o juiz constatou a veracidade da denúncia. Para Lázaro Alves, tal situação “traz a idéia de impunidade que acaba por fomentar as condutas desatentas à lei e ao melhor convívio social, gerando uma clara postura de renitência, desrespeito e destemor do socioeducando”.

O magistrado destacou que é dever do Estado garantir as vagas já que, segundo ele, “a ausência da internação lhe é extremamente prejudicial pois lhe sonega o tratamento inerente, que efetivamente colocado em prática, pode restaurar a higidez no caminho de desenvolvimento do adolescente”.

O juiz ainda ressaltou que a não internação coloca o menor “em posição de possível irreversibilidade na formação da personalidade” além de colocar em risco a vida deles “diante das intenções de vindita de cidadãos que se revoltam com a aparente impunidade dos autores de atos infracionais”.

Separação dos poderes
O Estado pedia a improcedência do pedido e revogação da liminar ao alegar ingerência do Poder Judiciário no Poder Executivo. No entanto, o magistrado esclareceu que, no caso, a intervenção é necessária para a “execução de medidas, com o objetivo de proteger os direitos de crianças e adolescentes”.

Lázaro Alves frisou que a Constituição Federal (CF), em seu artigo 227, obriga o Estado “a cumprir as prestações positivas em relação às crianças e adolescentes” além de “proclamar o respeito à condição peculiar de pessoa em desenvolvimento, quando da aplicação de qualquer medida privativa de liberdade”. Veja a sentença. (Texto: Daniel Paiva – estagiário do Centro de Comunicação Social do TJGO)

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Jovens ateiam fogo em colchão dentro de abrigo para menores no DF

Houve princípio de rebelião em unidade de Santa Maria, diz PM.
Envolvidos foram levados a delegacia; ninguém ficou ferido.

Adolescentes de um abrigo para menores em Santa Maria, no Distrito Federal, atearam fogo em colchões provocando um incêndio na unidade na manhã desta quarta-feira (29). De acordo com o Corpo de Bombeiros, o fogo atingiu dois cômodos e queimou 12 beliches. Não houve vítimas. O abrigo fica na quadra 213 da região.

A Secretaria de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude confirmou ao G1 o incêndio. De acordo com a pasta, havia sete servidores, dois vigilantes e 13 dos 28 adolescentes no local
.
A Polícia Militar informou que houve um princípio de rebelião no abrigo, contornado rapidamente. Um ônibus da PM foi usado para levar os jovens envolvidos à Delegacia da Criança e do Adolescente.

A secretariam disse que, por procedimento padrão, liberou os demais adolescentes para irem para casa até que eles sejam remanejados para outros locais. O DF tem cinco unidades de semiliberdade: Gama, Guará, Taguatinga, Recanto das Emas e Santa Maria.

No cumprimento de medida socioeducativa em semiliberdade, o adolescente estuda e trabalha fora durante o dia e volta para dormir na unidade, localizada sempre em casas na comunidade. Nos fins de semana, ele é liberado para a família.

Cômodo de unidade de informação do DF atingido por fogo  (Foto: Corpo de Bombeiros DF/Divulgação)
Cômodo de unidade de informação do DF atingido por fogo (Foto: Corpo de Bombeiros DF/Divulgação)

viaturas do Corpo de Bombeiros foram usadas para apagar o fogo. A corporação investiga as causas do incêndio.

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Adolescentes pulam o muro e fogem do Cenam em Aracaju/SE

Cinco internos fugiram na tarde desta quarta-feira, 29

Na tarde desta quarta-feira, 29, uma nova fuga foi registrada no Centro de Atendimento ao Menor (Cenam). 

 (Foto: Portal Infonet)
Informações dos agentes de medidas socioeducativas, que atuam no local, indicam que cinco adolescentes fugiram do local nesta tarde, momento em que praticavam atividades esportivas.

Um dos agentes, que preferiu não se identificar, explicou que os adolescentes jogavam futebol, quanto resolveram forçar o portão principal e usar uma escada [que estava em uma área para obras] para pular o portão e o muro.

Ainda de acordo com o agente, um dos adolescentes fugitivos do local é o responsável pela tentativa de homicídio contra o professor Carlos Cristian Almeida.

A assessoria de comunicação da Fundação Renascer informou que ainda está checando as informações e que logo se pronunciará sobre o fato. A equipe de reportagem do Portal Infonet está à disposição através do email jornalismo@infonet.com.br e do telefone (79) 2106 8000.

Por Verlane Estácio
http://www.infonet.com.br/cidade/ler.asp?id=175644

terça-feira, 28 de julho de 2015

Menores agridem agentes em unidade do Degase no Rio

Eles quebraram vaso sanitário e atiraram pedaços em agentes.
Princípio de rebelião ocorreu na madrugada desta terça-feira (28).

Um grupo de menores infratores do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase) iniciou uma confusão na madrugada desta terça-feira (28), no Centro de Socioeducação Gelso Carvalho de Amaral, na Ilha do Governador.

Segundo os agentes da unidade, jovens de um dos alojamentos chegaram a arrancar e quebrar um vaso sanitário da cela e atiraram os pedaços nos funcionários que tentavam controlar a situação.

Ainda de acordo com os agentes, não há equipamentos de segurança nas unidades e, por isso, foi solicitado apoio da Coordenação de Segurança e Inteligência do órgão (Csint), que chegou a utilizar escudos balísticos para conseguir entrar no local.

Os internos envolvidos na rebelião tiveram cortes nas mãos, causados pelo arremesso dos pedaçõs de cerâmica do vaso sanitário, segundo a polícia, e foram encaminhados para o Hospital Municipal Evandro Freire. Depois de receberem os primeiros socorros, foram encaminhados para a delegacia, onde foram ouvidos e levados para o Instituto Médico Legal. Nenhum agente ficou ferido.

O Departamento Geral de Ações Socioeducativas informou que não houve fuga. De acordo com informações da 21ª DP (Bonsucesso), foi realizada perícia no local e os envolvidos foram ouvidos. Três adolescentes vão responder por fato análogo ao crime de dano ao patrimônio público, lesão corporal e desacato.

http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2015/07/menores-fazem-rebeliao-em-unidade-do-degase-na-ilha-do-governador-rio.html

AGENTE SOCIOEDUCATIVO PASSA TERROR NAS MÃOS DE BANDIDOS EM CAMPINA GRANDE

Quatro bandidos armados com pistolas em duas motos de cor preta interceptaram um carro onde estava um agente socioeducativo do Lar do Garoto.

Os ladrões o retiraram do veículo, o arrastaram e o espancaram durante alguns minutos.



Foram socos e pontapés.
Os chutes atingiram o tornozelo e ele rompeu o tendão.
Com as armas apontadas para a cabeça e sob ameaça de morte, o agente nada pode fazer.

A violência foi tanta que ele acabou hospitalizado e se submeteu a uma intervenção cirúrgica.
Tudo aconteceu domingo (19/07), às 21h20, na Rua Três Irmãs, no Presidente Médici, em Campina Grande.
Os bandidos vasculharam o carro procurando arma.


“Eles implantaram o terror. Não me mataram graças ao livramento de DEUS”, contou ele ao renatodiniz.com.
Um dos agressores queria matá-lo, mas os outros disseram não deixaram.
Provavelmente o reconheceram.

“Num mata essa miséria não. Deixa ele vivo para ir contar a conversa para a corja dele”.

http://www.renatodiniz.com/2015/07/agente-socioeducativo-passa-terror-nas.html#more

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Agente da Fundação CASA busca apoio para competir campeonato sul americano de Powerlifting G.P.C

Luciano Newton agente socioeducativo  do CASA Franca busca apoio para ir competir o sul americano em Novembro em Córdoba Argentina.

Ele conquistou no ultimo dia 18 de julho na cidade mineira de Cassia o tri campeonato Mineiro e a quebra do record brasileiro no agachamento e no total pela  G.P.C, Newton se prepara agora para o campeonato sul americano.



Próximas competições:
Campeonato Brasileiro que será realizado nos dias 14, 15 e 16 de agosto na cidade de Assis SP.

Campeonato Sul americano que será realizado nos dias 26,27,28 E 29 de Novembro em  Córdoba  Argentina.


Conquistas:
2009: Campeão Mineiro de Supino na cidade de Cabo Verde MG
2009: Campeão da Copa Rio Preto de Supino na cidade de S.J. do Rio Preto SP.
2009: Campeão da Copa Ases de Ouro de Supino na cidade de Catanduva SP.
2010: Campeão da Copa Catanduva de Supino.
2010: Campeão Paulista de Supino na cidade de Patrocínio Paulista SP pela COMBRAFA.
2010: Campeão Paulista de Supino na cidade de Igarapava SP pela A.N.F.
2010: Campeão Brasileiro de Supino na cidade de Pirangi SP.
2011: Campeão Paulista de Supino na cidade de Franca SP pela A.N.F.
2011: Campeão Paulista de Supino na cidade de São Carlos SP pela FPLBI.
2011: Campeão Brasileiro de Supino na cidade de Rio Claro SP.
2013: Campeão da Copa Supino Top 200 Show.
2013: Campeão Brasileiro de Supino na Cidade de Oscar Bressane SP.
2013: Campeão Brasileiro de Levantamento Terra na Cidade de Oscar Bressane SP.
2013: Campeão Sul Americano de Powerlifting na cidade de Marilia SP.
2014: Campeão Mineiro de Powerlifting na cidade de Jacuí MG.
2014: Campeão da Copa Seme Rio Claro.
2014: Campeão Mundial de Supino em Missiones Argentina.
2014: Terceiro colocado no Mundial em Missiones Argentina.
2015: Campeão da Copa Grande São Paulo de Powerlifting na cidade de Itapecerica da Serra SP.
2015: Campeão Paulista de Levantamento Terra na cidade de Anhembi SP.
2015: Campeão Mineiro de Powerlifting na cidade de Cassia MG.



CONTATO
luciano.newton@yahoo.com.br
fone (16) 9281-7558