sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Internos da Fundação Casa fazem rebelião em São José dos Campos

Três funcionárias ficam feridas em rebelião na Fundação Casa de São José dos Campos.

Motim teve início por volta das 9h e durou cerca de uma hora. Três funcionários ficaram feridos.

Internos da Fundação Casa fizeram uma rebelião na manhã desta sexta-feira (24) em São José dos Campos (SP). Três funcionários ficaram levemente feridos.

Internos fazem rebelião na Fundação Casa (Foto: Reprodução/ TV Vanguarda)

A Fundação Casa informou que o motim teve início por volta das 9h, quando os adolescentes atearam fogo em colchões e lençois, e foi controlado pelos bombeiros cerca de uma hora depois. O motivo do motim foi uma tentativa de fuga frustrada.

Segundo o Corpo de Bombeiros, funcionários feitos reféns no início da rebelião ficaram feridos. A corporação informou ainda que os internos atearam fogo em colchões e objetos.

Internos fazem rebelião na Fundação Casa em São José dos Campos (Foto: Edgar Rocha/TV Vanguarda)

Uma funcionária, que pediu para não ser identificada, disse que a maior parte dos internos estavam nas salas de aula quando se rebelaram. A fumaça provocada pelo fogo nos colchões tomou conta do primeiro módulo.


O motim teve início por volta das 9h, quando adolescentes de um dos módulos, que tem 65 pessoas, tentaram fugir. As funcionárias se feriram ao entrar em briga corporal com o grupo. Elas foram atendidas pela equipe de enfermagem do centro e levadas ao Pronto Socorro próximo.

Os próprios funcinários, segundo a Secretaria de Estado da Justiça e da Defesa da Cidadania, controlaram o fogo, que não atingiu os dormitórios, mas danificou as salas de aula da Fundação.

A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros foram acionados e deram apoio externo. A PM fez um cerco nas proximidades da Fundação Casa para evitar fugas nos arredores do bairro.

Ainda de acordo com a funcionária, cerca de 20 funcionários deixaram a unidade para aguardar a chegada da polícia e socorro. A Fundação Casa informou que três funcionários ficaram feridos sem gravidade e foram atendidos no local.

Por nota, a fundação Casa informou que "a Corregedoria Geral da Instituição irá instaurar sindicância para apurar o motivo do tumulto". O centro tem capacidade para atender 110 adolescentes e abriga 106 atualmente.

"Os jovens envolvidos no tumulto passarão por uma Comissão de Avaliação Disciplinar (CAD), que vai avaliar as possíveis sanções. O Poder Judiciário e os familiares dos adolescentes serão informados da ocorrência", informou.






Nenhum comentário:

Postar um comentário